Eco Lógico
Pesquisa

EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR
Por Rosa Maria Ribeiro (Professor), em 2012/04/17999 leram | 0 comentários | 196 gostam
Ser Cidadão do Século XXI é ...
(...) Descobrir Guimarães Capital Europeia da Cultura.
O nosso projeto globalizador contempla, num dos seus conteúdos, “Abrir portas à cultura local”. Este conteúdo a trabalhar sobre diferentes vertentes e através de variadas estratégias tem envolvido todos os grupos da Educação Pré-escolar.
O grupo da Eirinha- Serzedelo optou por integrar os festejos do “Dia do Pai” neste conteúdo e para tal organizou uma visita de estudo ao Centro Histórico de Guimarães. Alguns pais, com disponibilidade, apareceram por lá e também participaram em processos de descoberta, do nosso património e da nossa história.
Crianças, profissionais de educação e pais/família, juntos, puderam viver experiências capazes de permitir uma maior consciencialização sobre momentos e monumentos históricos importantes para o país e para a nossa região. Esta atividade foi um contributo importante também para a descoberta/perceção de vários conceitos “Eu”, “Cidadão”, “Família”, “Escola”, “Cultura” e “Valorização” do que é nosso.
Pela avaliação desta atividade conclui-se que o grupo manifestou, ao longo de todo o trabalho bem como na visita à Capital Europeia da Cultura, uma motivação e curiosidade espontânea na descoberta da história de Portugal e dos seus protagonistas. Evidenciou o gosto por ouvir histórias e eventos do passado acerca do seu país e da sua região. Esta atividade mostrou-se ainda muito produtiva no tornar a relação família – escola uma realidade mais efetiva e coerente, pois, a participação dos pais foi conseguida tanto na recolha e execução de materiais como na preparação e consecução da visita ao Centro Histórico. É ainda de referir que esta visita foi vivida de uma forma muito responsável e alegre num convívio salutar entre todas as crianças e adultos participantes.
Os grupos de Pevidém destacam também uma atividade importante - “Exposição de trabalhos no âmbito da temática Guimarães Capital Europeia da Cultura”.
Esta exposição coletiva, de todo o estabelecimento, pretendeu dar a conhecer à comunidade os vários trabalhos desenvolvidos por alunos e, principalmente, pela família no âmbito deste projeto, do conteúdo “Abrir portas à cultura local” e do objetivo oito do Projeto Educativo do Agrupamento “Promover ações de natureza diversa que fomentem a participação de pais/encarregados de educação”. Desde os fatos de carnaval, aos edifícios do nosso património, ao nosso artesanato, até aos já famosos corações da CEC a exposição evidenciou bem o envolvimento da comunidade escolar e da família.
Pode afirmar-se que este projeto tem motivado as crianças e os adultos e é potenciador de diversos conhecimentos e aprendizagens para as crianças, tornando-as mais atentas aos aspetos culturais do meio onde estão inseridas.

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário