Eco Lógico
Pesquisa

Clube de Teatro - Encerramento de atividades 14/15
Por Susana Fortuna (Professor), em 2015/06/19393 leram | 0 comentários | 104 gostam
No passado dia 25 de maio, os alunos do Cube de Teatro foram convidados a avaliar as atividades promovidas pelo Clube e a responder a algumas questões sobre a sua experiência enquanto atores...
No passado dia 25 de maio, os alunos do Cube de Teatro foram convidados a avaliar as atividades promovidas pelo Clube e a responder a algumas questões sobre a sua experiência enquanto atores.
Deixamos aqui registadas algumas das reflexões dos nossos talentosos atores:
“Para mim, ser atriz é saber sair de mim e incorporar outra personagem. Aprendi uma grande lição de vida: somos todos diferentes, mas todos também somos iguais.”
“Para mim, uma atriz é alguém que conta uma história, mas não apenas com palavras, é preciso transmitir sentimentos. Eu vivi a história como se fosse minha. No Clube, conheci amigos que não esperava conhecer e aprendi importantes lições de vida que me vão dar muito jeito no futuro.”
“Ser atriz é expressar os nossos sentimentos a partir da representação. Pessoalmente, aprendi a lidar melhor com o público e a confiar mais em mim.”
“Eu gostei muito de ser atriz do Clube de Teatro. Senti que tinha de me transformar na personagem e deixar-me levar pelos sentimentos que tinha de exprimir. O mais difícil foi decorar o texto.”
“O meu maior medo ou dificuldade é enfrentar o público, tenho vergonha, medo do que as pessoas possam pensar ou dizer, medo de errar, de me esquecer de uma única fala, de falar rápido demais, que é o meu problema! Mas com o tempo tudo se resolveu. Aprendi que não devemos estar à espera de que as coisas aconteçam, mas sim fazer tudo para que elas aconteçam.”
"Nos ensaios tentávamos ser atores profissionais o que era muito giro! Ser atriz é representar algo em que as pessoas possam acreditar, algo que liberte a imaginação, que abra os olhos, porque as peças de teatro transmitem lições de vida importantes. Aprendi que podemos ter muitos defeitos, mas quem não os tem? Somos todos seres humanos."
"Para mim, ser ator é ter duas vidas, a que representamos em cena e a vida real. Com esta peça aprendi que devemos ser trabalhadores, porque o trabalho não se faz sozinho."
"Enquanto atriz, senti a alegria de estar em palco e de ver as pessoas a gostarem da minha personagem."
"Ser atriz é muito bom! É representar e imaginar!"
"Ser atriz é saber sair de mim e incorporar outra personagem. É mostrar o que nós sentimos."

Como professores responsáveis pelo Clube, não podemos deixar de manifestar a nossa satisfação pelo trabalho desenvolvido, é gratificante sentir que todos os alunos, sem exceção, venceram algumas dificuldades para que as representações fossem um sucesso. Comparando a primeira e a última atuações, é visível uma evolução assinalável!
A sessão de encerramento terminou com a entrega de diplomas de participação e com uma pequena festa/convívio.



    



    


    



    





 


Comentários

Escreva o seu Comentário